Onde trabalha um perito grafotécnico

Onde trabalha um perito grafotécnico

Tempo de leitura: 4 minutos

Onde trabalha um perito grafotécnico

Você já se perguntou onde trabalha um perito grafotécnico?

Este profissional avalia a legitimidade de assinaturas em documentos, identificando possíveis fraudes. Para isso, utiliza técnicas e tecnologias específicas.

Continue lendo para saber mais sobre essa profissão.

O que é um perito grafotécnico?

O que é um perito grafotécnico

Um perito grafotécnico é um especialista em análise de escrita e assinaturas, responsável por avaliar a autenticidade de documentos.

Para atuar na área, é necessário conhecimento em caligrafia, psicologia, técnicas de análise de documentos e leis relacionadas.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Onde trabalha um perito grafotécnico em 2024?

como se tornar um perito judicial grafotécnico

Você já se perguntou onde trabalha um perito grafotécnico? Este profissional avalia a legitimidade de assinaturas em documentos, identificando fraudes.

No Brasil, onde os casos de fraude são frequentes, o perito grafotécnico é essencial.

Entre janeiro e junho de 2021, houve 1,9 milhão de tentativas de fraude, um aumento de 15,6% em relação ao mesmo período de 2020.

O exame grafotécnico verifica a autenticidade de grafias em documentos como cheques, atestados médicos, cartas anônimas, notas promissórias, e contratos.

O perito grafotécnico pode atuar em perícia extrajudicial, judicial ou como assistente técnico.

Perícia Extrajudicial

Nesse caso, o perito grafotécnico presta serviços de análise para clientes específicos, sem valor legal em tribunal.

Ele pode trabalhar para empresas como escritórios, cartórios, advocacias e bancos.

Perícia Judicial

A segunda área de atuação é o Judiciário, onde o perito grafotécnico é indicado por juízes para elaborar relatórios específicos. Nesse contexto, ele pode ser contratado para apresentar laudos contrários.

Assistente técnico

A terceira área de atuação é como Assistente Técnico na esfera judicial, representando uma das partes envolvidas no processo.

O mercado está aquecido e deve continuar assim em 2024.

Não é necessário diploma ou concurso público; basta concluir um curso na área para começar a trabalhar.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Quem pode se profissionalizar perito grafotécnico?

Para se tornar um perito grafotécnico, basta concluir um curso de formação na área.

Não é necessário ter diploma universitário, apenas o ensino médio completo.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Qual é a remuneração de um perito grafotécnico?

A alta demanda pela profissão de perito grafotécnico se deve à flexibilidade de horários e à possibilidade de ajustar a carga horária conforme o número de perícias.

Juízes solicitam especialistas em casos de suspeita de falsificação de assinaturas.

Ganhos iniciais variam de R$2.500,00 a R$4.000,00, podendo chegar a R$20.000,00 para peritos em tempo integral.

O investimento em um curso na área é rapidamente recuperado, e uma formação robusta oferece mais oportunidades e melhores rendimentos.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Como conseguir emprego de perito grafotécnico?

Quem contrata perito Grafotecnico?

O perito grafotécnico pode conseguir emprego de duas formas: sendo contratado por uma empresa ou instituição, ou sendo nomeado por um juiz.

No primeiro caso, é importante fazer networking com escritórios de advocacia e grupos de peritos.

No segundo, é necessário se colocar à disposição dos Tribunais de Justiça e demonstrar qualificação, investindo em um curso de Perícia Grafotécnica que ensina a dinâmica de apresentação ao tribunal e oferece certificação.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Quais são as vantagens de ser um perito grafotécnico?

Para avaliar se ser um perito grafotécnico é uma opção viável, é importante conhecer as principais vantagens dessa profissão:

  • Fácil e rápido de se capacitar: Basta fazer um curso livre de cerca de duas semanas, como o oferecido pela Nero Perícias, que pode ser feito online.
  • Vários campos de atuação: Atuação em casos de crimes, fraudes, disputas comerciais e questões civis, proporcionando um trabalho dinâmico.
  • Faltam profissionais e sobram oportunidades: A escassez de profissionais na área gera muitas oportunidades no mercado.
  • Permite ter mais tempo com sua família: Flexibilidade para trabalhar em casa e definir seus próprios horários.
  • Trabalhar no conforto de sua casa: Evita deslocamentos diários, com visitas eventuais à vara judicial.
  • Pode ser exercida em paralelo com outra atividade: Possibilidade de atuar como perito grafotécnico enquanto mantém seu emprego atual.
  • Pode ser exercida nas horas vagas: Flexibilidade para definir seus próprios horários e cumprir prazos de 15 a 60 dias.
  • Prestígio profissional: Profissão reconhecida e respeitada, trazendo realização e satisfação pessoal.
CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Conclusão

como ser nomeado perito grafotécnico

A perícia grafotécnica oferece boa remuneração e prestígio profissional, com reconhecimento pela justiça e instituições.

Para atuar na área, é necessário dedicação e investimento em conhecimento.

Se deseja ser um perito qualificado, inscreva-se no Curso de Perícia Grafotécnica clicando no botão abaixo.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO