Onde posso encontrar um perito grafotécnico

Onde posso encontrar um perito grafotécnico

Tempo de leitura: 5 minutos

Onde posso encontrar um perito grafotécnico

A perícia grafotécnica é uma ciência que verifica a autenticidade ou falsidade de assinaturas e textos manuscritos, determinando sua autoria.

Baseia-se na comparação de escritos questionados com padrões autênticos, que podem ser pré-existentes ou coletados pelo perito para fins específicos.

Profissionais da Justiça, como juízes e advogados, utilizam essa perícia para obter esclarecimentos claros e imparciais sobre documentos contestados.

O perito forense, nomeado pelo Juízo, compromete-se a exercer seu papel com fidelidade, estabelecendo confiança com o Poder Judiciário e contribuindo para o esclarecimento do processo.

A perícia grafotécnica se fundamenta no princípio de Edmond Solange Pellat, que afirma que “a escrita é individual”, resultante de estímulos cerebrais que criam formas gráficas únicas.

Assim, mesmo tentativas de imitação podem ser facilmente identificadas.

O que faz um perito grafotécnico

como virar perito grafotécnico

O perito grafotécnico, também conhecido como perito de assinatura, tem como principal função identificar se uma assinatura foi feita por uma determinada pessoa.

Seu trabalho envolve a aplicação de exames grafotécnicos ou grafoscópicos para verificar se as escritas investigadas foram produzidas pelo punho do escritor em questão.

Utilizando a técnica de confrontação, o perito compara a escrita questionada com escritas autênticas da pessoa investigada, analisando elementos convergentes e divergentes entre os documentos.

Veja Também: Onde posso encontrar um perito grafotécnico

Após realizar os exames, o perito elabora o Laudo Pericial Grafotécnico, que detalha o processo e o resultado da perícia. Este documento fornece uma análise minuciosa e completa, demonstrando como a perícia foi conduzida e o veredito final alcançado.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

As 2 formas de ser Perito Grafotécnico

Os peritos grafotécnicos podem atuar de duas maneiras: extrajudicialmente e judicialmente.

Na atuação extrajudicial, o perito elabora laudos para escritórios, empresas, bancos, cartórios e outras instituições que necessitam de perícia grafotécnica, um campo que apresenta uma boa demanda.

Já na atuação judicial, o perito é nomeado pelo Juiz para trabalhar nos tribunais, elaborando laudos para a justiça e auxiliando na resolução de questões relacionadas à análise de documentos e verificação de assinaturas.

Veja Também: Onde encontro perito grafotécnico no Butantã

Em ambas as formas de atuação, os peritos grafotécnicos são bem remunerados. Para saber mais sobre os ganhos desses profissionais, continue acompanhando nosso texto.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Quanto ganha um perito grafotécnico?

Os honorários do perito grafotécnico são decididos pelo próprio profissional.

Ao ser nomeado, o perito deve responder ao juiz com o aceite e informar o valor dos honorários, conforme o Código de Processo Civil (CPC). O valor deve ser justificado com base na complexidade do caso e na média cobrada em processos semelhantes.

Usar tabelas de referência ou consultar nomeações similares pode ajudar na definição dos honorários. Em média, um perito grafotécnico ganha entre R$1.200,00 e R$5.800,00.

Para conseguir emprego, o perito grafotécnico pode ser contratado por uma empresa ou instituição, ou ser nomeado por um juiz.

No primeiro caso, o networking com escritórios de advocacia e grupos de peritos na internet é essencial.

No segundo caso, é necessário se colocar à disposição dos Tribunais de Justiça e demonstrar qualificação, investindo em cursos de Perícia Grafotécnica que oferecem certificação e ensinam a dinâmica de apresentação ao tribunal.

O mercado de trabalho para o perito grafotécnico

O que faz um perito grafotécnico

Muitos desconhecem a profissão de perito grafotécnico, possivelmente por não ser regulamentada como engenharia, medicina ou advocacia. Isso resulta em pouca divulgação e poucos especialistas na área, tornando-a uma atuação em alta demanda.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), até o final de 2021 havia 75,4 milhões de processos em andamento no Brasil, mas faltavam peritos judiciais para atender essa demanda.

O déficit é ainda maior para peritos grafotécnicos, causando atrasos em diversos processos judiciais devido à escassez desses profissionais.

O perito grafotécnico pode atuar de duas formas principais:

  • Assistente técnico: Trabalhando para empresas como escritórios, cartórios, advocacias e bancos.
  • Perito judicial: Nomeado por um juiz, o profissional elabora laudos diretamente para a Justiça. Não é necessário concurso público ou formação superior específica para atuar como perito judicial, embora ele auxilie o juiz no processo.

Essa carência de especialistas cria muitas oportunidades para quem deseja ingressar na área.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

Orçamento de Perícia Grafotécnica

Oferecemos serviços de perícia grafotécnica em todo o Brasil, com sede em São Paulo, atuando tanto em processos judiciais quanto em perícias extrajudiciais.

Exames Genéricos:

  • Calibres: Dimensões dos caracteres.
  • Espaçamentos Gráficos: Distâncias na escrita.
  • Comportamentos Gráficos: Direções e distâncias em relação à pauta.
  • Proporcionalidade Gráfica: Relações dimensionais na escrita.
  • Valores Angulares: Predominância de ângulos.
  • Valores Curvilíneos: Predominância de curvas.
  • Inclinação Axial: Inclinação dos eixos.
  • Inclinação da Escrita: Média de inclinação dos caracteres.

Exames Genéticos:

  • Pressão: Força vertical da escrita.
  • Progressão: Força horizontal da escrita.
  • Momento Gráfico: Traçados contínuos.
  • Ataque: Traço inicial.
  • Desenvolvimento: Traçado intermediário.
  • Remate: Traço final.
  • Mínimo Gráfico: Modo particular do traçado.

Conclusão

O papel do perito grafotécnico na justiça

A profissão de perito grafotécnico é essencial para autenticar documentos e resolver disputas judiciais. Esses profissionais analisam e comparam escritos para determinar sua autenticidade e autoria, podendo atuar como assistentes técnicos ou peritos judiciais.

O mercado de trabalho é promissor devido à alta demanda e à escassez de profissionais qualificados. A remuneração varia conforme a complexidade dos casos e a experiência do perito, mas tende a ser valorizada pela falta de especialistas.

Para contratar um perito grafotécnico, é crucial solicitar um orçamento detalhado, considerando a natureza e a complexidade da perícia. Contar com um profissional experiente garante resultados precisos e confiáveis.

Em resumo, a perícia grafotécnica oferece boas oportunidades de trabalho e remuneração, sendo uma área em crescimento com vastas perspectivas para quem deseja seguir essa carreira ou necessita de seus serviços.